PUBLICIDADE
in

Se você trabalhou em 2019 pode receber abono de até R$ 1.045,00; saiba como!

O governo federal divulgou na última sexta-feira (03/04/2020) uma espécie de calendário de abono salarial do PIS/PASEP de até R$ 1,045,00 para todos os trabalhadores que exerceram sua função de carteira assinada no ano de 2019. Os depósitos começarão a partir do dia 16/07/2020 e seguem até o dia 30/06/2021.

PUBLICIDADE

No entanto, o abono exige que o trabalhador tenha comprido alguns requisitos ao longo do ano, como por exemplo, ter recebido até no máximo dois salário mínimos por mês. O valor que será equivale ao salário mínimo vigente do ano de 2020, R$ 1,045,00, e varia de acordo com o tempo que o trabalhador exerceu em sua função.  Por exemplo, se o funcionário trabalhou durante o ano inteiro, irá receber o valor integral, se trabalhou menos, ganha proporcionalmente aos meses trabalhados.

O calendário baseia-se na data de nascimento do beneficiário PIS (para funcionários do setor privado) e no número da inscrição do PASEP (para funcionários públicos). Confira  agora o calendário para empregados do setor privado:

Calendário para empregado em empresa privada

Nascidos emRecebem a partir deRecebem até
Julho16/7/202030/6/2021
Agosto18/8/202030/6/2021
Setembro15/9/202030/6/2021
Outubro14/10/202030/6/2021
Novembro17/11/202030/6/2021
Dezembro15/12/202030/6/2021
Janeiro19/1/202130/6/2021
Fevereiro19/1/202130/6/2021
Março11/2/202130/6/2021
Abril11/2/202130/6/2021
Maio17/3/202130/6/2021
Junho17/3/202130/6/2021

Calendário para servidores do setor público

Final da inscriçãoRecebem a partir deRecebem até
016/7/202030/6/2021
118/8/202030/6/2021
215/9/202030/6/2021
314/10/202030/6/2021
417/11/202030/6/2021
519/1/202130/6/2021
6 e 711/2/202130/6/2021
8 e 917/3/202130/6/2021

Quem pode ter direito ao beneficio?

Separamos uma lista de requisitos que o trabalhador deve cumprir para ter direito ao saque. Confira abaixo:

PUBLICIDADE

· Ter trabalhado de carteira assinada por no mínimo um mês (30 dias) em 2019;

· Ganhou no máximo até dois salários por mês;

PUBLICIDADE

· Estar inscrito no PIS/PASEP por no mínimo 5 anos;

· Outro ponto fundamental, é que a empresa pelo qual trabalha, tenha mantido os seus dados em dia e informá-los de forma correta ao governo.

PUBLICIDADE

Sou trabalhador, como posso saber se posso retirar esse abono?

Para saber se você tem direito, basta fazer a consulta nos seguintes meios:

PUBLICIDADE

Funcionário do setor privado (PIS):

  • Através do aplicativo Caixa Trabalhador
  • No site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.gov.br/PIS). Após acessar o site, basta clicar “Consultar Pagamento”;
  • Por meio de ligação para um telefone direto da Central de Atendimento Caixa: 0800 726 0207

Funcionário do setor público (PASEP):

  • A consulta é feita através do Banco do Brasil. Você pode ligar para o número 4004-001, se você mora em alguma capital ou região metropolitana, ou 0800 729 0001 para as demais cidades do Brasil. Se você é deficiente audito, pode consultar através do número 0800 729 0088.

Qual é o valor que será pago ao beneficiário?

  • O valor máximo será equivalente ao salário mínimo de 2020, R$ 1,045,00. No entanto, ele varia de acordo com o tempo de trabalho exercido no ano de 2019. Se o profissional trabalhou durante os 12 meses do ano de 2019, recebe o valor integral, se não, proporcional ao tempo de trabalho exercido.
  • De acordo com o Ministério da Economia os valores mensais serão arredondados para cima. Por exemplo, o valor para quem trabalhou um mês seria R$ 87,08. Com o arredondamento, esse valor fica R$ 88,00 de abono.

Onde o beneficiário pode realizar o saque?

Se for funcionário do setor privado e possui o cartão cidadão, pode sacar em caixas eletrônicos ou lotéricas; Caso contrário, pode retirar em uma agência da Caixa mediante a apresentação de documento de identificação;

Se for correntista individual o valor será depositado automaticamente na conta caso haja mais de R$ 1,00 como saldo disponível na conta.

Se for servidor público o dinheiro é retirado em agências do Banco do Brasil com apresentação de documento de identificação; Se for correntista, o processo o mesmo para correntistas Caixa.

Lista VIP

Inscreva-se para receber nosso conteúdo exclusivo por e-mail

Você foi inscrito com sucesso.

Por favor, verifique se seu e-mail está correto.

PUBLICIDADE