PUBLICIDADE
in

Auxílio Emergencial: Descubra se você terá que devolver

Auxílio Emergencial
Saque do auxílio emergencial

O auxílio emergencial foi uma grande ajuda para as pessoas que ficaram desempregadas ou que não puderam trabalhar e ter uma renda nessa pandemia, sem esse auxílio muitas famílias passariam fome e não conseguiriam pagar as suas contas.

PUBLICIDADE

Mas, infelizmente, muitas pessoas receberam esse auxílio indevidamente, pois não tinham o direito de sacar os R$ 600.

Esses saques foram feitos de maneira incorreta, pois a ideia do governo federal era disponibilizar esse auxílio emergencial apenas para as pessoas que tivessem dentro dos requisitos exigidos pelo Ministério da Cidadania.

Essas pessoas que sacaram esse dinheiro sem estar dentro das condições exigidas, terão que devolver o valor para o governo. Para saber mais sobre o assunto, fique conosco e acompanhe o texto abaixo.

PUBLICIDADE

Devolução do Auxílio Emergencial

Auxílio Emergencial

Segundo o ministério da economia, cerca de 650.000 pessoas receberam o auxílio emergencial indevidamente, pois não estavam dentro dos requisitos exigidos para solicitar os R$ 600.

Com esse grande número de pessoas que receberam de forma indevida o auxílio, o governo federal através do Ministério da Cidadania, está fazendo a busca dessas pessoas que receberam o valor, para fazer com que devolvam.

PUBLICIDADE

A cobrança está sendo feita via SMS para os os números cadastrados dessas pessoas, a mensagem avisa sobre a irregularidade e orienta os cidadãos a devolver o dinheiro.

O SMS também orienta as pessoas como deve ser procedido a devolução do auxílio emergencial, que deve ser através do DARF( Documento de arrecadação de receitas federais).

PUBLICIDADE

Somente é possível fazer a devolução do valor através do Documento de Arrecadação de Receitas Federais.

Segundo o governo federal, cerca de mais ou menos 650 mil cidadãos receberam a mensagem do Ministério da Cidadania e deverão realizar a devolução do valor do auxílio emergencial para os cofres públicos.

PUBLICIDADE

Será um grande valor em dinheiro que voltará para os cofres da União, através dessa ação de fiscalização do Ministério da Cidadania.

Segundo levantamento de dados do Ministério da economia, essas pessoas que receberam o auxílio emergencial de forma indevida, se cadastraram através do meio digital.

As mensagens enviadas pelo Governo Federal, são com algumas informações importantes que você deve ficar ligado para não cair em golpes, no sms vem o número do CPF do beneficiário e o governo envia a mensagem pelo número 28041 ou 28042.

Exemplo de mensagem:

“O CPF ***.123.456.*** recebeu o Auxílio Emergencial indevidamente”  

Também é enviado o link do site que é para devolução do valor. 

Você também pode se interessar por: Estagiários: Descubra quais são os seus direitos

Lista VIP

Inscreva-se para receber nosso conteúdo exclusivo por e-mail

Você foi inscrito com sucesso.

Por favor, verifique se seu e-mail está correto.

PUBLICIDADE